As coberturas inclinadas com telha cerâmica e estrutura de madeira estão presentes na maioria dos edifícios antigos. Independentemente da geometria, do grau de inclinação, dos tipos de telha ou do sistema de drenagem, o seu estado de conservação é frequentemente mau, porque genericamente quem vive em edifícios multifamiliares apenas se apercebe da existência da cobertura quando ocorrem infiltrações.

As coberturas devem ser limpas, as telhas partidas substituídas e garantida a impermeabilização de todos os elementos, de modo a evitar infiltrações que degradam irremediavelmente a estrutura de suporte do telhado em madeira.

SABIA QUE…

Os riscos de infiltração são agravados quando a inclinação do telhado sofre alterações devido à deformação da estrutura provocada por infiltrações, sendo que estas podem ser causadas por escorregamento das telhas, desalinhamentos provocados por acção do vento ou da vegetação que ali se desenvolve, por impactos furtuitos ou por tensões induzidas. Os riscos de infiltrações geralmente são agravados quando são introduzidas alterações nos edifícios como montagem de antenas, depósitos, painéis solares ou são atravessados por cabos ou tubagens, com remates deficientes.

A revisão anual das coberturas é fundamental para garantir a sua durabilidade e funcionalidade: substituição dos elementos partidos, limpeza de caleiras, remoção dos musgos e líquenes, alinhamento das telhas, e a reparação dos pontos singulares.